Arnaud & Hatsumi

Não falo japonês, mas meu amigo Google Translate fez por mim (espero que esteja correto).

技はあなたの中にバンプ (Waza wa anata no naka ni banpu).

“A técnica esbarra em você”, disse o Sensei durante a aula na sexta-feira.

O que entendo é que ao tentarmos muito fazer algo, damos aberturas para o atacante. O movimento natural é obtido por simplesmente esperar o tempo necessário até que uke dê uma oportunidade para nós aproveitarmos. Obviamente, no nível de principiantes é diferente, como eles têm de aprender as formas a fim de incorporá-las em sua linguagem corporal. Quando você começa a desenvolver o fluxo natural, as coisas mudam.

Nada é predeterminado em uma luta, as coisas são tão rápidas que o pensamento é impossível. Por este motivo, a técnica tem de aparecer de uma forma natural.

Se é fácil de ler e, consequentemente, entender, acho que é difícil fazer. Somos condicionados por anos a repetição de técnicas de “mortas” após o “1, 2, 3” padrão (1). Portanto reagir naturalmente é quase impossível.

Ontem à noite, estava conversando com outro membro da Bujinkan e me disse que a coisa mais difícil é esquecer os hábitos que desenvolvemos ao aprender outra arte marcial antes da Bujinkan. Confirmei dizendo que me levou cerca de oito anos para me livrar dos meus hábitos judo!

O que é verdade em uma outra arte marcial é ainda mais verdadeiro quando se trata de treinamento da Bujinkan. Começamos com a tenchijin, continuamos com ryûha e as armas. Cada novo waza tem que ser treinado centenas de vezes antes de começar a entendê-lo com o corpo e não mais com o cérebro. Os seres humanos são corpo e cérebro, uma vez que o cérebro sabe/entende o que fazer, leva-se anos para que passe para o corpo. Este é o famoso tríptico: Taihen, Kuden e Shinden.

Para ser capaz de deixar a técnica esbarrar em você, requer o nível shinden, isto é, “shin” do conceito shingitai.

Treine seu básico, faça-o seu, desenvolva o seu próprio movimento de corpo e conseguirá este nível técnico, onde existe “waza wa anata no naka ni Banpu” ou onde “a técnica esbarra em você”.

_________________

1. Eu chamo de “técnicas de mortas”, porque são apenas um treino e não há nada de realista, nenhuma ameaça e nenhum perigo.

Reminder PARIS TAIKAI 2015
Registration at www.budomart.eu

Título Original: The Technique Bumps Into You
Autor: Arnaud Cousergue (Shiro Kuma´s Blog)
Fonte: https://kumafr.wordpress.com/2015/05/24/the-technique-bumps-into-you

Thank you for share with us Arnaud Cousergue!
Traduzido por: Pedro Henrique

* Este trabalho de tradução visa auxiliar praticantes que entendem a língua portuguesa. Também visa ajudar na difusão dos princípios fundamentais do Budō Taijutsu ensinado pelo Soke e os entendimentos dos instrutores em todo mundo. Como regra geral, tento sempre que possível aproximar ao máximo do original escrito, superando assim, as barreiras da tradução. Antes de efetuar o trabalho, os autores são consultados para obtermos a devida autorização. Por ser um trabalho humano, pode conter falhas de tradução. Dessa forma, se encontrar alguma, por favor, nos encaminhe pelos comentários. As opiniões expressas pelos autores são de sua inteira responsabilidade.

* The goal of translation of this post is to assist martial artists who understand Brazilian Portuguese. It also aims to assist in disseminating the basic principles taught by Soke of Budō Taijutsu with support of Bujinkan instructors worldwide. As a general rule, I try whenever possible to approximate to original writing, thus overcoming the barriers of translation. Before performing the work, authors are consulted to obtain their permission. Naturally,  it can contain mistakes. Therefore, if you find any, please comment to us below. The opinions expressed by the authors are their own responsibility.

* El objetivo de la traducción de este post es para ayudar a los artistas marciales que entienden el portugués de Brasil. También tiene como objetivo ayudar en la difusión de los principios básicos impartidos por Soke del Budo Taijutsu con el apoyo de los instructores de la Bujinkan en todo el mundo. Como regla general, intento siempre que sea posible a la aproximación a la escritura original, superando así las barreras de la traducción. Antes de realizar el trabajo, los autores son consultados para obtener su permiso. Naturalmente, puede contener errores. Por lo tanto, si usted encuentra alguna, por favor, comente con nosotros abajo. Las opiniones expresadas por los autores son de su exclusiva responsabilidad.

Advertisements