Hatsumi Sensei. 2016.
Hatsumi Sensei. 2016.

“Normalmente, estes poucos escolhidos são chamados de ‘gênios’, mas ‘gênio’ em outro sentido significa mudar para algo diferente do humano. Gênio (tensai em japonês) não significa, como sugerem os ideogramas, ‘habilidade divina’ (Tensai: 天才), mas ‘habilidade de mudar’ (tensai, 転 才).”

excerto do “Advanced Stick Fighting” Livro de Hatsumi Sensei, pg. 36-37

Artes marciais são muito desafiantes. Não falo somente do Budō Taijutsu, se treina considerando que existe uma ampla gama de artes marciais, técnicas e perspectivas diferentes de encarar o mundo, treina sabendo que se em algum momento tiver que lidar com um oponente, essa gama toda pode estar a frente. Isso me fascina, essas inúmeras possibilidades. Mas não se trata somente da questão marcial.

Acredito que o Budō Taijutsu tem uma gama muito ampla de possibilidades. Bastante coisa para trabalhar e desenvolver, todo o processo é muito divertido! Consciência corporal e coordenação dos movimentos, reflexões sobre a prática e a vida, constante aprimoramento e, para aqueles que consideram este lado, um aprimoramento espiritual. Nas relações e praticas com os alunos estou sempre aprendendo e me surpreendendo.

Nessa semana, em Coimbra (Portugal), fizemos um pouco do Jin Ryaku no Maki e Bō Jutsu. O Jin Ryaku no Maki (“Pergaminho de Estratégia do ‘Homem’”) contém rascunhos para as técnicas principais da Budō Taijutsu. As técnicas desse “pergaminho” tem o mesmo nome das técnicas nas escolas, mas são rascunhos, funcionam como a base para outras possibilidades. As técnicas de Bō Jutsu (arte japonesa de manejar bastões longos) são facilmente integráveis as técnicas do Jin Ryaku no Maki e, em termos simples, é muito fácil perceber as similaridade de movimentos nos dois conjuntos de técnicas. Um serve de inspiração ao outro no estudo.

“Artes marciais procuram desenvolver este “gênio da mudança”. Isto é conhecido como Tenchijin San Sai no Hō – a lei das Três Habilidades: Céu (ten: 天), Terra (chi: 地) e Homem (Jin: 人)”.

excerto do “Advanced Stick Fighting” Livro de Hatsumi Sensei, pg. 36-37

Nós também consideramos Nage Waza (técnicas de projeção) para lidarmos com algumas dúvidas antigas e acrescentarmos mais algumas novidades a nossa caixa de ferramentas no subconsciente. Se quiser nos acompanhar em Coimbra (Portugal), está convidado (a). Se estiver de longe, nós nos conectamos, continua convidado (a).

当投 Ate Nage – golpear e projetar
跳火  Hanebi – chamas saltitantes, fogos de artifícios
橰 Kō / Hane Tsurube – boa varrida / encher (ainda mais) o balde cheio / virar o balde (depende de como está escrito)

片手投 Katate Nage – projeção com uma mão

青眼之構 Seigan no Kamae – postura de visar os olhos
下段之構 Gedan no Kamae – postura de nível baixo
足払 Ashi Barai – varrer a perna
五法 Gohō – cinco métodos

武風一貫
(Bufu Ikkan)
(mantenha-se consistente no método)

Pedro Henrique
2016

Advertisements